Selecione um estado

Data Evento
  • 28 mar 2017
    Políticas de drogas nas Américas: tensões e alternativas
    11589
    Localização:
    FGV Botafogo - Praia de Botafogo, 190. Auditório 1027.
    Data:
    28/03/2017 -
    De 19:00 até 20:30
    Tipo de evento:
    Aberto
    Descrição:

    Nas últimas décadas, críticas às consequências da chamada "Guerra às Drogas" emergiram por todo o continente americano, colocando as políticas sobre drogas na região no centro do debate sobre segurança pública. Quais são os resultados dessa “guerra”? Nessa palestra, o professor Thiago Rodrigues, do MBA em Relações Internacionais da FGV, abordará as principais adaptações e alternativas às políticas sobre drogas na região.

  • 28 mar 2017
    Economia do Compartilhamento e do Acesso: Inovação e Negócios Digitais
    11632
    Localização:
    FGV Botafogo - Praia de Botafogo, 190. Auditório 810
    Data:
    28/03/2017 -
    De 19:00 até 22:00
    Tipo de evento:
    Aberto
    Descrição:

    Palestra com o Professor José Mauro Nunes, onde irá apresentar o conceito da economia do compartilhamento e do acesso, seu contexto histórico de surgimento, seu apoio nas plataformas sociais digitais e seus impactos nas formas de produção, consumo e compartilhamento de experiências de co-construção de valor para empresas, consumidores e sociedade.

    Para se inscrever, acesse o site.

  • 28 mar 2017
    Lançamento do Livro "Identidades, Memórias e Projetos Políticos"
    11633
    Localização:
    FGV Botafogo - Praia de Botafogo, 190. Livraria FGV.
    Data:
    28/03/2017 -
    De 19:00 até 22:00
    Tipo de evento:
    Aberto
    Descrição:

    O que poderia haver de comum entre a invisibilidade política dos índios no século XIX pernambucano, o carnaval crioulo dos cucumbis, no Rio de Janeiro, e a afirmação identitária dos quilombolas de Morro Alto, no Rio Grande do Sul? Temas aparentemente distintos, no tempo e no espaço, mas que se articulam em torno de questões candentes e atuais: a construção - ou a desconstrução - de identidades, o exercício permanente da memória, sempre mutante em suas variadas inflexões, e a elaboração de projetos políticos em luta pela conquista de espaços de reconhecimento.

    Escritos por jovens historiadores, os artigos reunidos neste livro, legitimamente ambiciosos, evidenciam a força e a pluralidade da elaboração historiográfica brasileira atual, uma promessa ainda, porque jovens, mas já realidade, pelo amadurecimento que demonstram e pela contribuição que trazem à compreensão de aspectos relevantes da História.

    Para mais informações, acesse o site.