A convidada palestrou no curso de Regionalismo Comparado sobre o tema “Sistema de Integração Centro-Americano (SICA)”, contextualizando sua fundação, em 1991, desde as primeiras iniciativas de integração na região décadas antes, levantando os desafios históricos encontrados até chegar a sua concepção atual.

A Cátedra Jean Monnet, financiada pela Comissão Europeia na Escola de Direito do Rio de Janeiro da FGV (Direito Rio), recebeu, no dia 8 de março, a diplomata Ana Elizabeth Villalta Vizcarra, diretora geral adjunta do Ministério de Relações Exteriores de El Salvador e membra do Comitê Jurídico Interamericano.

Por uma perspectiva singular, a convidada palestrou no curso de Regionalismo Comparado sobre o tema “Sistema de Integração Centro-Americano (SICA)”, contextualizando sua fundação, em 1991, desde as primeiras iniciativas de integração na região décadas antes, levantando os desafios históricos encontrados até chegar a sua concepção atual.

Coordenado pela professora de Direito Internacional e Europeu, Paula Wojcikiewicz Almeida, titular da Cátedra Jean Monnet da FGV, o curso conta com a participação de professores da Fundação e de outros convidados internacionais, em especial da Universidade Livre de Bruxelas (Bélgica), Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne (França), Universidad Andina Simón Bolívar (Equador), University College of London (Reino Unido) e Universidad Austral (Argentina).

Para mais informações sobre a Cátedra Jean Monnet da FGV, acesse o site.

Informamos que o site do FGV Notícias foi incorporado ao Portal FGV em maio de 2017.
O que você deseja fazer?