O evento integra o comitê RH em Foco, que vêm discutindo as demandas da área de gestão de pessoas e aproximando-as do mercado da produção de conhecimento da academia.

O Instituto de Desenvolvimento Educacional da FGV (IDE) realizou, no dia 28 de setembro, o encontro com alguns dos principais gestores de recursos humanos de Brasília. O evento integra o comitê RH em Foco, que vêm discutindo as demandas da área de gestão de pessoas e aproximando-as do mercado da produção de conhecimento da academia.

“Um fórum de discussão como esse é muito importante. Verificamos que os nossos problemas são muito parecidos. Foi um momento em que pudemos compartilhar experiências. Achei muito proveitoso. Verificamos exemplos de outros órgãos que podemos aplicar a nossa realidade”, destacou Ieda Moura Cagni, da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional.

O encontro em Brasília reuniu executivos de grandes empresas do setor público e privado que atuam na capital federal. Para a gerente nacional de Desenvolvimento e Capacitação da Caixa Econômica Federal, Auricélia Karan Guerra, a reunião de alguns dos principais gestores de RH promovida pela FGV é de ampla relevância.

“A grande importância desse comitê é possibilitar uma significativa interdependência entre as necessidades corporativas e a identificação de soluções inovadoras por parte da FGV, enquanto instituição de ensino”, avaliou a gestora.

Essa é a expectativa da FGV ao realizar esse tipo de encontro. De acordo com o diretor do FGV Management, professor Paulo Mattos de Lemos, o objetivo dessas reuniões é atender às demandas das empresas ajustando a formação dos alunos na sala de aula.

“Queremos descobrir o que é importante para as empresas e alinhar as expectativas dos pesquisadores e de nossos cursos às necessidades do mercado”, explicou.

Assim como nos eventos realizados no Rio de Janeiro e em São Paulo, o diretor do FGV In Company, Luiz Ernesto Migliora, também marcou presença no encontro de Brasília. Segundo ele, o comitê de recursos humanos é importante para unir as melhores práticas verificadas em empresas que são referência no mercado com o arcabouço teórico oferecido nos cursos de graduação e educação executiva da FGV.

“Nosso objetivo é de aproximarmos cada vez mais a academia à prática, para melhor atendermos às demandas que recebemos das empresas, seguindo as tendências e de acordo com as necessidades do mercado e contribuindo com a formação de melhores profissionais”, frisou Migliora.

Notícias relacionadas

Informamos que o site do FGV Notícias foi incorporado ao Portal FGV em maio de 2017.
O que você deseja fazer?