Os alunos puderam ter uma visão geral de como empresas bem-sucedidas operam nos EUA, incluindo referência teóricas, modelos relevantes de negócios, e compartilhando as melhores práticas de governança nos níveis local, estadual e federal.

A Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da FGV (EBAPE), em parceria com a Rutgers Business School (EUA), realizou em Nova Jersey o módulo de imersão “Doing Business in USA: Public- Private Institutional Relations”. O programa foi oferecido com exclusividade para alunos do Mestrado Executivo em Gestão Empresarial (MEX) e do Mestrado Profissional em Administração Pública (MAP).

Com a coordenação dos professores Alexander Settles (Rutgers University) e Joaquim Rubens Fontes Filho (EBAPE), o módulo foi desenvolvido para incentivar os alunos a se envolverem com o ambiente empresarial local, e com setor público através de visitas culturais e palestras no campus da Rutgers, em Newark. Os alunos puderam ter uma visão geral de como empresas bem-sucedidas operam nos EUA, incluindo referência teóricas, modelos relevantes de negócios, e compartilhando as melhores práticas de governança nos níveis local, estadual e federal.

Durante o módulo na Rutgers, foram convidados palestrantes, que ilustraram como determinadas questões empresariais e do setor público norte-americano ligam-se ao ambiente global, relacionando essa experiência prática com o atual conhecimento de gestão dos alunos. Além das palestras, foram realizadas visitas ao porto de Newark, ao Senado e a Assembleia Geral de Trenton (capital de Nova Jersey), ao Departamento de Estado de Nova Jersey para conhecimento do programa de expansão comercial do estado, e visita ao Federal Reserve (FED) de Nova York, onde foi realizado um tour e uma palestra com um dos principais economistas do FED, sobre o funcionamento da instituição.

Os módulos de imersão em parceria com instituições internacionais são oferecidos duas vezes ao ano para os alunos dos mestrados profissionais da EBAPE, e tem sido um grande diferencial do curso pela diversidade de temas abordados. Em 2016, alunos do MEX e do MAP tiveram a oportunidade de participar de módulos internacionais no Chile e na Espanha.

 

Notícias relacionadas