O Congresso Internacional sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST) e HIV será realizado no Rio de Janeiro. Codeço vai palestrar no painel que fala sobre “What is new to learn about sexual transmission of Zika and its complications”, que discute as novidades nas pesquisas sobre a possibilidade de transmissão do vírus através de relações sexuais.

A Organização Mundial de Saúde suspendeu, recentemente, o status de emergência internacional para o zika vírus. Apesar disso, o risco de uma epidemia de zika neste verão continua alto e o uso de repelentes não devem ser esquecidos. Um dos maiores especialistas brasileiros no assunto, o professor da Escola de Matemática Aplicada da FGV (EMAp), Flávio Codeço Coelho, foi convidado a ministrar uma palestra plenária no STI & HIV World Congress 2017.

O Congresso Internacional sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST) e HIV será realizado no Rio de Janeiro. Codeço vai palestrar no painel que fala sobre “What is new to learn about sexual transmission of Zika and its complications”, que discute as novidades nas pesquisas sobre a possibilidade de transmissão do vírus através de relações sexuais.

Especialista em dinâmica de propagação de arboviroses, o professor da EMAp integra a Rede Nacional de Especialistas em Zika e Doenças Correlatas (Renezika) do Ministério da Saúde e é um dos responsáveis pelo desenvolvimento dos projetos Infodengue, que monitora continuamente o risco de dengue em mais de 500 municípios brasileiros, e o InfoZika, ferramenta que permite acompanhar os resultados das pesquisas sobre o vírus a partir da construção de uma rede de artigos acadêmicos e suas interconexões facilitando o acesso às mais recentes descobertas sobre a Zika.

Notícias relacionadas

Informamos que o site do FGV Notícias foi incorporado ao Portal FGV em maio de 2017.
O que você deseja fazer?